Se restar alguma dúvida não respondida no FAQ, favor envie um e-mail que responderemos o mais breve possível.

DEBÊNTURES:

A Escritura de Emissão é o documento em que constam as características das debêntures, suas cláusulas e condições da emissão, onde estão descritos todos os direitos conferidos pelos títulos, como suas garantias.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No site da AMBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), as debêntures são descritas como valores mobiliários representativos de dívida, que dão a seus detentores um direito de crédito sobre a companhia emissora.

A grosso modo, é como um boleto registrado com vencimento a alguns meses ou anos a frente, um título/documento que da ao investidor segurança de que terá o valor acordado a receber em uma determinada data.

Clique no link para mais informações no site da ANBIMA.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A Lei 10.303, de 31.10.2001, que a alterou a Lei das Sociedades Anônimas, deu nova redação ao inciso II do artigo 62 (emissão de debêntures), atribuindo a inscrição da escritura de emissão de debêntures ao registro do comércio. Além disso, foi acrescentado o parágrafo 4º criando um livro especial para inscrição das emissões de debêntures, no qual serão anotadas as condições essenciais de cada emissão.

Ressalte-se que existe impropriedade em se afirmar “registro do comércio”, pois este foi substituído pelo Registro Público de Empresas Mercantis (artigo 1º da Lei 8.935/94) que é exercido no âmbito estadual pelas Juntas Comerciais.

Em resumo, as debêntures emitidas são obrigatoriamente registradas na Junta Comercial em cada estado, tornando este título de dívida um documento público.

Clique aqui para maiores informações.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEFINIÇÕES:

Não, apesar de ser parecido com um Grupos de Investimentos, nosso modelo de negócio difere na essência, no resultado e na segurança para o cliente. Foi criado a partir da lei nº 4.591, de 16 de Dezembro de 1964, e atualizado recentemente em Setembro de 2001.

 

Por que PARECE um Grupo de Investimentos?

Por que para ser um Nano Investidor você paga uma taxa de adesão para fazer parte do nosso grupo e ter acesso ao nossos investimentos. Essa taxa única de adesão, te da acesso por 1 ano, e é utilizada para custear a divulgação, pagar parceiros e o custo fixo da operação.

 

Por que NÃO É um Grupo de Investimentos?

Não é um grupo de investimentos pois em um grupo de investimentos você adquire uma cota do grupo, por exemplo, em um grupo com 100 pessoas, se você comprar um cota, você receberá uma fração de 1/100 dos investimentos que aquele grupo fizer.

Como nano investidor, você não compra uma cota de um grupo, e sim uma fração de um imóvel, ou seja, o imóvel é seu independente do grupo.

 

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não, somos uma alterativa SIMPLES, SEGURA e MAIS RENTÁVEL que a previdência privada. Nosso modelo de negócio foi criado na lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964.

 

Para conhecer a lei 4591/64 basta clicar neste link.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No site da AMBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), as debêntures são descritas como valores mobiliários representativos de dívida, que dão a seus detentores um direito de crédito sobre a companhia emissora.

A grosso modo, é como um boleto registrado com vencimento a alguns meses ou anos a frente, um título/documento que da ao investidor segurança de que terá o valor acordado a receber em uma determinada data.

Clique no link para mais informações no site da ANBIMA.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A CMV, no Portal do Investidor, define Fintechs como iniciativas que aliam tecnologia e serviços financeiros trazendo inovações para pessoas e empresas. Isso se reflete em:

  • melhores jornadas de utilização de produtos e serviços que trazem melhores experiências de uso; geração de inteligência a partir de volumes inimagináveis de dados e do conhecimento coletivo para otimizar as decisões; e integração dos diferentes elos do mercado de maneira muito mais eficiente, com menos falhas operacionais, aumentando a velocidade de transações e reduzindo custos.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em resumo, classificamos como Micro Investidores as pessoas que conseguem investir valores entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00 mensais.

Confira a explicação completa no link abaixo:

#1 – O que é um Nano Investidor ou Micro Investidor?

Em resumo, classificamos como Nano Investidores as pessoas que conseguem investir valores entre R$ 50,00 e R$ 1.000,00 mensais.

Confira a explicação completa no link abaixo:

#1 – O que é um Nano Investidor ou Micro Investidor?

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

A CMV, no Portal do Investidor, define Fintechs como iniciativas que aliam tecnologia e serviços financeiros trazendo inovações para pessoas e empresas. Isso se reflete em:

  • melhores jornadas de utilização de produtos e serviços que trazem melhores experiências de uso; geração de inteligência a partir de volumes inimagináveis de dados e do conhecimento coletivo para otimizar as decisões; e integração dos diferentes elos do mercado de maneira muito mais eficiente, com menos falhas operacionais, aumentando a velocidade de transações e reduzindo custos.

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tratamos os Micro Investidores de forma diferente dos Nano Investidores.

Os Micro Investidores tem maior capacidade financeira para investimentos e por consequência, perfis diferentes, para eles temos um modelo de negócio totalmente diferente que envolve alocar parte de seu investimento junto com os Nano Investidores (até 20 cotas, com retorno de 30% por ciclo) e a outra parte em investimentos diferenciados e exclusivos que explicaremos mais a frente quando o Grupo de Micro Investidores for aberto ao público.

De qualquer forma, em nosso modelo de negócio, não existe Micro Investidor, que também não seja um Nano Investidor, então aproveite para se cadastrar, e saber mais sobre os Nano Investidores em nosso próximo webinário gratuito (treinamento online) gratuito do box abaixo:

Ou acesse o link abaixo, para saber mais sobre nosso webinário ( treinamento online ):
https://grupodelancamentos.klickpages.com.br/nano-cadastro-webinario-1

Comment on this FAQ

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso modelo de Nano Investimentos garante lucro mínimo (ou ROI mínimo) de 30% por ciclo de investimento.

Para maiores explicações, clique no link abaixo e cadastre-se para participar de nosso próximo treinamento online.

Ou acesse o link abaixo, para saber mais sobre nosso webinário ( treinamento online ):
https://grupodelancamentos.klickpages.com.br/nano-cadastro-webinario-1

Load More